8.12.12

31º Capítulo - "Foi por pouco"

Quando me apercebi disso, rapidamente tentei segurá-la para evitar que ficasse completamente despida. Só a ideia de que isso pudesse acontecer deixava-me… Completamente à toa. O Dudu percebeu o que eu estava a fazer e parou por momentos de me beijar. Eu não disse nada, apenas fiquei a olhá-lo.
- Filipa, se tu não… - Ele não conseguia dizê-lo. – Sei lá, temos tempo…
- Só tenho medo… - Disse-lhe, praticamente a sussurrar.
- Não tenhas.
Sabíamos que aquilo era algo que ambos queríamos. Decidi confiar nele. Não lhe disse mais nada. Ele recomeçou a beijar-me. Na boca, no pescoço e começara a descer. A toalha começou novamente a desenrolar-me, mas desta vez, não fiz nada para a contrariar. A dele ia pelo mesmo caminho, consegui senti-lo. Quando a minha toalha finalmente deixou a descoberto tudo, ele ficou a olhar-me por momentos.
- És simplesmente perfeita. – Murmurou ele. Corei.
Continuámos aos beijos. A toalha dele já não estava praticamente a cobrir nada. Ele pegou nela e pô-la no chão. Agora, estávamos completamente nus. Depois de tanta coisa, aquilo ia finalmente acontecer.
De repente ouvimos uma voz do outro lado da porta:
- Duarte? Filipa? – Eram as nossas mães.
Fiquei a olhar o Dudu com uma cara super admirada, como que a dizer “e agora?”.
- Tem calma. - Disse ele baixinho. Depois, mais alto: - Sim?
- Vamos lanchar!
- Ok, vão andando, 5 minutos e já descemos. – Disse eu.
- Tudo bem, mas despachem-se.
Respirei de alívio. Foi por pouco. Pegamos nas nossas roupas e começámos a vestir-nos. Eu fui secar ligeiramente o cabelo. Depois descemos.
- Então, porque precisaram de tanto tempo para descerem? – Perguntou a minha mãe.
- Porque a Filipa tinha acabado de sair do banho, ainda tinha de se vestir e secar o cabelo. – Respondeu ele, seguro, antes que eu fosse “meter a pata na poça”.
- Está bem. O que vão comer?
Acho que nos safámos. Espero que não tenham ficado desconfiadas. Eu, na situação delas não ficaria, afinal mentimos bem.

(No quarto, depois de jantar)
- Bem, estou super cansada. Foi um dia e pêras! – Disse eu.
- Pois foi. Em relação ao que aconteceu….
- Amor, esquece.
Estivera prestes a acontecer. Quase tinha feito amor com o Dudu. “Agora” que pensava nisso, não seria cedo? Não sabia responder a essa pergunta, mas na verdade não me saía da cabeça o que (quase) aconteceu. Talvez porque queria que tivesse mesmo acontecido. Queria que naquele momento as nossas mães não tivessem batido à porta e não tivessem interrompido o momento. E se elas tivessem entrado sem bater? Nem queria pensar nisso.
Olhei para ele. Será que iria voltar a tentar, ou ia desistir? Não sabia com abordar o assunto com ele. Ele tentou falar nisso, mas eu não deixei. Que burra. Porque é que não quis ouvir o que ele tinha para dizer?!
- No que estás a pensar princesa? – Perguntou-me.
- Ah… Em nada de especial. – Apanhou-me desprevenida.
- Amor, podes dizer.
- Estava a pensar no que quase aconteceu.
- Foi mesmo mau. - Disse ele, visivelmente envergonhado.
- Pois foi...
- Filipa? - Sussurrou ele.
- Sim?
- Querias tanto como eu? - Abanei a cabeça afirmativamente.
Olhou-me nos olhos. Estava à espera que ele voltasse a tentar algo. Mas não. Apenas me deu um beijo na testa. Talvez achasse que foi muita emoção por um dia. E foi mesmo.
Dentro de pouco tempo vestimos os pijamas. Mudámos de roupa mesmo à frente um do outro, afinal, já não havia nada a “esconder”. Depois metemo-nos na cama. Ficámos a ver tv durante algum tempo, até que eu a apaguei. Não estava a dar nada de jeito. Fechei os olhos. Pouco tínhamos falado nessa noite. Ambos estávamos pensativos. Achei que era normal, devido aos factos. Acabei por adormecer nos braços dele.

15 comentários:

Bárbara M. disse...

é o que eu tento fazer. obrigada :)

Ana disse...

gostei :)

Ana disse...

Obrigada :)

Catarina disse...

Tudo tem o seu momento (:

I AM... disse...

Acabei de ler todos os capítulos da tua história e só tenho uma coisa a dizer: ADOREI! Fico à espera do próximo post!! Bjs!

Quase-Princesa disse...

É verdade :)

Quase-Princesa disse...

Ainda bem que gostaste, fico muito feliz :D Vou tentar publicar o próximo o mais rápido possível! Beijinhos*

Cláudia Ribeiro * disse...

Gostei muito :) Sigo-te **

Quase-Princesa disse...

Ainda bem :) Obrigada querida *

Cláudia Ribeiro * disse...

Muito, muito obrigada! :)

Joana #14 disse...

Gostei :)
Mais, por favor...
Beijinhos :*

Quase-Princesa disse...

Ainda bem princesa :)
Sim, vou pôr o próximo o mais rápido que conseguir *-*
Obrigada, beijinhos *

Mafalda Marques disse...

Só o tempo me pode provar :)

Baptista disse...

adorei, estou à espera do próximo :b
beijinhoo

Quase-Princesa disse...

ainda bem, vou tentar publicar o mais rápido possível :b
beijinhoo